terça-feira, 15 de janeiro de 2008

INQUIETUDE E VIRTUDE





Sim, é verdade quando dizes o quanto sou e fui inquieta, não nego!
Mas olhando pro outro prisma, será que você não percebeu que era de uma mulher inquieta que precisavas para viver ou para morrer?!
Se acaso fosses pela vida subitamente ou tragicamente retirado de mim...
Seria assim, dessa mulher mandarim, que irias precisar para da justiça cobrar e assim poder sua honra lavar.

Pois deixar por conta da justiça dos homens, seria deixar-te apodrecer ainda que com vida talvez. Mas se acaso o encontrasse já morto, saberias que correria atrás de quem de mim te tirou, e assim eu gritaria ao mundo para que sua memória nunca fosse esquecida.
Qual mulher pacata, o mar ou morro atravessaria, sem nenhuma cavalaria nem tampouco infantaria, e de saias rodadas com ou sem espadas com amor apenas no coração, enfrentando mocinho ou ladrão, para nunca jamais ver-te no chão?
Sim! Apenas uma mulher que trás em si essa inquietação, seja ela vista sendo como; boa ou não...
Mas, com a mais pura emoção dessa moçoila inquieta, o morro subiria o mar atravessaria com muita satisfação.
E só você que conhece essa minha inquietação peculiar, bem como meu coração de iniciativa linear, a mim nada pediria se acaso, razão ou destino, viestes a ser enclausurado no calabouço ou no porão.
Saberias que por ti ainda que sozinha com ou sem permissão das autoridades autárquicas, encontrar-te-ia com minha intuição.
Seria então por mim encontrado morto ou vivo, mas para sempre honrado, e eternamente libertado.
Vejo então, que minha inquietação, tão reclamada por ti, é virtude almejada, invejada pelos mais bárbaros dos homens.
Sou guerreira se preciso,
Sou mulher se necessito,
Sou feroz e sou selvagem,
Tenho o espírito da coragem...
Não me nego ao fogo ardente.
Sou lenda e transparente.
Não desisto facilmente de lutar... E chego sempre onde tenho que chegar.
Mas se soubestes o quão fácil chegam perto de ti, para desfrutar dos verdes pastos, o que com muita luta guerreei para usufruir. Então quando cairdes em si, verás que o maior conflito que terás que enfrentar, é o remorso de me deixar partir, fugindo assim, apenas de ti.
E se você, apenas com uma pessoa pudesse contar, para que por ti fosse lutar, seria a inquietação da guerreira que fostes traída, ou a pequena donzela que hoje nela você investes dos frutos semeados, nos verdes pastos que a guerreira lutou para que não fosses invadido? Seria ela? A donzela que precisa de suas cautelas e de suas palavras para conduzi-la ao que deve ou não fazer, para que saia tudo como deve ser? Como faria a donzela não ter os seus mandados? Será que atravessaria o deserto, às tempestades sem nada temer, e ainda sustentar em sua face um sorriso sincero, para dar-te força e feliz permanecer? Pois para felicidade da Guerreira inquieta bastaria apenas o seu amor e seu reconhecimento. Mas para a Donzela... Apenas bastaria que você a conduzisse para ser corajosa e assim mostrar uma felicidade forjada. A donzela por ti morreria? Pois por ti, a guerreira já morreu!
Para a guerreira, tempo ruim não havia, e sua felicidade por aquele amor que a fez guerrear, estava acima de qualquer coisa. E foi assim que fostes morta, por sua própria espada. Para que sejas, o guerreiro mais feliz do mundo... Ela pediu depois da batalha ganha, para o caminho do guerreiro não atrapalhar, já que a inquietação dessa guerreira o incomodava. Sim, ela pediu ao seu adversário, para sua própria vida tirar..., Para que com honra a guerreira virtuosa, também viestes a morrer, e não mais suas lágrimas derramar.

Autora (Danielle Georg)

28 comentários:

Anônimo disse...

! Muy bien....muy bein!...... y cuando al guerrera en su ímpetu mata el guerrero también?

Danielle Georg disse...

Grata anônimo!

Espero que tenha gostado... :)

Danielle Georg disse...

A guerreira não matou o guerreiro, ela morreu por ele, para que ele fosse feliz... Se eles morreram, então o amor será eterno pq a alma é eterna...=P

Anônimo disse...

¡Quizás el guerrero ha sido muerto para la fatiga, o la tristeza!!

¡Quizás haja muerto por la pasión! Quizás para ver a su guerrera para luchar para todo y todo, menos para él….e al juego fora su energía.

¿Quizás seja mejor que el guerrero sigue siendo muerto, e continúa así, no?

Danielle Georg, casada. disse...

Olá, Anônimo! =]

Antes de responder, gostaria de dizer que estou muito feliz com suas postagens!

E gostaria de agradecer sua visita...Tenha certeza que ela é muito importante para mim... :) Grata!

Respondendo sua pergunta...Olha, acho que as coisas não são bem assim, acho que criamos uma imagem positiva ou negativa, se assim nos fizer sofrer menos, vai de cada um... Eu curto uma dor.. rs
Eu ñ entendo sua língua direito (espanhol) A guerreira fez coisas pelo guerreiro e ele por ela, não é uma questão de competir coragem, nem dor, cada um sofre de um jeito, uns nem tanto e conseguem continuar. Outros, vão amar para sempre! Acho que o que deu essa interpretação foi isso. Quanto ao fato de a guerreira ter feito mais pelos outros, não creio que tenha sido assim, para a guerreira, tenha sido um aprendizado. Mas me diga, se é que entende minha língua, os guerreiros dão a vida por qualquer um ou por um ideal... Será que se prestares atenção ao poema não verá algo diferente? Talvez a guerreira tenha morrido para viver apenas para ele, mesmo que ele ñ soubesse... Morreu por sua própria espada, ao contrário do guerreiro, ele continuou a viver... Ah, sei lá...rs
Estou com medo de falar algo, ñ consultei p professor dos burros! (dicionário)

Abs! :)

Anônimo disse...

¡Entendía su explicación!

¿Diccionario? ¡Sin embargo, usted escribe muy bien! ¡No necesita el diccionario!

Anônimo disse...

Ahora, voy contestar a su pregunta:
¿los guerreros dan a vida para un ideal,.....ahora, este ideal pueden ser el amor, no? ¿Conviene?

!abrazos, Poetess!

Danielle Georg, casada. disse...

Olá Anônimo, como vai?

Bom vê-lo aqui, muito bom mesmo...
Sim, dicionário espanhol, para ver se eu conseguia entender...rs
Fiquei insegura de ñ ter entendido seu comentário por causa de sua língua, e falar bobagens.
Bom.... Verdade! Estás coberto de razão, acho que o amor, companheiro (a) tem que estar em primeiro lugar. Ainda mais quando o amor é para poucos, ñ é para qualquer um... Com o tempo você aprende, que estar ao lado de uma pessoa e ela te fazer bem, o leva a dizer que ama, ou a pessoa te ajuda, você se apega e se vê envolvido e diz que ama, e por aí vai ou simplesmente não diz nada! Mas quando percebes, que pode estar no meio da multidão e tentamos fugir de nós mesmo, e começamos a nos perguntar, pq estou me forjando?! Sua voz interior pode responder, “eu aturo hoje e tenho paz! Mas não percebe que nós propiciamos essa paz... Quando achamos que apesar de tudo, a culpa é dele (a), e na verdade nós é quem mudamos nossa atitude para com os outros. Aliás ambos mudam, mas sempre mudam de parceiros também ou pode ser o medo de sofrer, enfim...
E algumas vezes encontramos aí, guerreiro e guerreira que estão se iludindo no mundo aqui fora, (e sempre aparece um para dizer que ñ vale a pena, que fulaninho ñ presta!) porque quando nos vemos sem chão, sem nada, então vemos que talvez os parceiros dos guerreiros simplesmente não guerreariam, pq são mentirosos, tem medo de falar na cara os seus desejos, suas vontades até mesmo suas revoltas, (digo um ao outro) se é assim dentro da relação imaginem fora? E eles quando pedem perdão, não é do coração. Mas sabe que se os guerreiros os fazem, o fazem sinceramente. Ouvi esses dias, um cara dizendo para sua mulher “Olha, você é muito dura em suas palavras, você tem que ser diplomática, a pessoa está do ao seu lado e você fala dessa maneira?”. Pensei comigo o que levaria aquela mulher a não ter sido diplomática? Ah, ou então uma que eu adoro... “Essa é mulher para casar”! Nossa, eu não quero fazer a janta apenas por fazer, isso é fácil! Eu quero ser a janta devidamente servida com frutas no corpo em cima da mesa...rs
Eu, digo eu Danielle, não quero os pudores dessa sociedade idiota, quero explorar todas as coisas que seria simplesmente horripilante aos olhos de gente hipócrita. Mas isso é papo pra outro poema...rs Não me sentiria nem melhor nem pior por isso, muito pelo contrário me sentiria realizada!
Mas o poema, mostra essa coisa, que apesar de tudo, saberia que se a guerreira fizesse uma “loucura” em nome desse amor, viria d’alma, a vida poderia ser uma batalha talvez, entre os dois, mas, e as coisas positivas desses guerreiros? Acho que até na batalha eles se entendiam... Loucura, mas o amor não tem explicação mesmo...rs

Grata, anônimo!

Abs!

Anônimo disse...

¡Convengo! los guerreros pueden luchar, pero en el amor los entienden siempre.....siempre......

E cuando están solos, están tristes, si pierden,,….las miradas perdidas en el vacío, llegan a ser vacantes en cuerpos fríos y extraños, sienten la nostalgia de las guerras, de cuando lucharon juntas .....

Anônimo disse...

¿Servido con las frutas acima de la tabla? ¿Con las velas y toda? ¿Un qué hombre necesario a hacer tiene derecho a este banquete digno de un rey?

Danielle Georg, casada. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Danielle Georg, casada. disse...

Olá anônimo!!!
Mais uma vez concordamos ... Bingo para nós! (Iuppppppppppppppppppppp) =P

Ahahahahahahahahahahahahahahah

Agora respondendo sua pergunta: Apenas um guerreiro corajoso que carrega o coração de uma guerreira com ele. Você pode até não acreditar, mas tem uma mulher que sempre é assim, imprevisível.... Conta a lenda, que esse guerreiro levou um século para chegar até a mesa, e tirar as uvas do devido lugar... Ele queria tirar uma foto, pois tinha que seguir o caminho das velas... Ele não sabia se comia da fruta, ou se ficava olhando o cenário. =D ahahahahahahaha
Será que esse guerreiro lembra de cada detalhe? Ah, contam às lendas que eles pararam em várias estradas no meio da curva para tirar fotos, esses, não conheciam limites! Dizem que em um determinado dia, ele foi de carro ao mercado com a guerreira, e duas mulheres queriam agredi-lo, parece que a mulher abriu a porta quando ele entrou com o carro..rs E ficaram provocando ele sabe? A guerreira estava dentro do carro até então, mas quando viu a covardia e ainda metendo a mão no que era dela, vixe! Tem idéia??? E essa guerreira tirou ele da frente e disse: “Ele não vai te bater não, pq ele tem guerreira para dar uma espadada na sua cara” (spaft, spaft) ...rs
Sair com esses guerreiros era muito engraçado, contam as lendas.... Esse foi o guerreiro ou rei, como assim desejar, que teve esse banquete.

Não sei se entendeu ou acreditou, mas é a mais pura verdade! Entre inúmeras coisas que se contar ninguém acredita! Mas nem falo, as pessoas acham surreal!

Grato pela sua presença, sempre bom vê-lo aqui.
Abs! Dany.

Anônimo disse...

Claramente que creo, veo la sinceridad en sus palabras, usted escribo con el corazón, yo creo también que este guerrero, no viaja más para este camino .......

Pero, crea, este guerrero, él, sería capaz derramar mucha sangre para su guerrera….esto sería.....

Juan disse...

! Es ya hora para presentarme, yo llama a Juan, Estoy de la región de Cataluña..... es un gran placer de leer sus escrituras.!

Danielle Georg, casada. disse...

Prazer em conhecê-lo Juan!!!

Lindo seu nome! Não conheço Catalunã, o que tem aí de mais interessante para se fazer?:)

Você conhece o Rio de janeiro?

:) Que bacana que você esteja gostando? Olha, farei um poema em sua homenagem! =]

Beijos!!!!

theshadownit disse...

Oi Dani!

Q bom saber q vc está bem e feliz.
Se quiser me mande notícias tuas e de tuas crianças. Lgw, teu marido tem cara de gente boa. Vc merece. Espero q tenha tomado juízo menina.
Desejo td de bom pra vc e tua família e que DEUS te abençoe mto!!!

Bjão!!!

ps. se quiser meus contatos são:
msn/orkut: alvlemgruber@hotmail.com

alvlemgruber disse...

só pra terminar meus contatos: 21-9885-8886/21-9257-9488/21-8715-6828

Danielle Georg, casada. disse...

Olá Alvaro,
Estou realmente surpresa em vê-lo, depois de tantas coisas ñ é mesmo? o.O
Meus filhos vão bem e os seus? Como estão todos? Espero que estejas bem e na Santa Paz de Deus. Fiquei sabendo que vc tinha virado evangélico, é verdade?
Eu sou espírita...Quanto ao Juizo...sempre tive, acho que trocou os personagens, quem nunca teve muito juizo ñ era bem eu!rsrsrsrsr
Sim, eu mereço ser feliz, e meu marido ñ só tem cara de gente boa, mas é o que há. (o)
E o que andas fazendo da vida? Mas diga-me, como me encontrou, conte-me a fonte...ahahahahahah
Abs,
Dany.

Juan disse...

Solamente contestar a su pregunta: sí, conozco Río De Janeiro, lugar muy bonito, un paraíso, mucho sol, playas y mujeres bonitas....

También sé la Región de los Lagos, ¿e usted, sabe la Región dos Lagos? ! és mi preferida! recuerdo en a Región de los Lagos para el acasião del cierto reveillion,..creo Yo.

En playas de Río de Janeiro tiene ataques por la cuadrilla adolescente de praya e y muchos... Yo no sé que como para hablar......creo se ”favelados” ( como hablam los brasileños )


Río De Janeiro es buena tomar una caminata ( passear, como hablam ), vivir no es bueno, es peligroso y no tiene calidad de la vida, a vivir en el río es vivir muy male......Tengamos esperanza en los pasos de las autoridades competentes...

Juan disse...

A propósito, cierto tiempo que leí un poema bonito, bonito muy extramamente, de su profesión de escritor, de su lavra (tal poema podría dejar solamente una mente brillante como su), el nombre del poema es “Su Cuerpo”, muy me tocaron mi sentimiento, crea! crea mismo!

Pero….¿dice me, con sinceridad, le que usted compuso el poema para un hombre o que era imaginación solamente?


! bueno....basta de hablar, ahora me voy sin embargo!

!hasta la vista!

Juan disse...

¿Persona linda, sabia que había hecho una música para usted?
¡Sí, es su aparência, Yo que estoy seguro!
¡Habían hecho música para usted, Vanessa de Mata hecho esta música para usted,
! cuando toca en la radio brasileña del Madrid, yo le recuerdan! y mucho, como recuerdo usted!, pues dicho esta música soy su historia! E es por lo tanto esa yo dedica a usted:


não me deixe só ( Vanessa da Mata ):

Não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz REFRÃO (x2)
Não me deixe só
Tenho desejos maiores
Eu quero beijos intermináveis
Até que os olhos mudem de cor
Refrão
Não me deixe só
Que o meu destino é raro
Eu não preciso que seja caro
Quero o gosto sincero do amor
Fique mais que eu gostei de ter você
Não vou mais querer ninguém
Agora que sei quem me faz bem
Não me deixe só
que eu saio na capoeira
Sou perigosa, sou macumbeira
Eu sou de paz, eu sou do bem mas
REFRÃO x2
Fique mais que eu gostei de ter você
Não vou mais querer ninguém
Agora que sei quem me faz bem
Não me deixe só
que eu saio na capoeira
Sou perigosa, sou macumbeira
Eu sou de paz, eu sou do bem mas
REFRÃO



? és o no su aparência y historia?

La pieza que es más gusto cuando dice: " Soy peligrosa yo soy macumbeira " HÁ..HÁ...HÁ...HÁ..!!!!

Y tambiém : " que o meu destino é raro, Eu não preciso que seja caro".......


E la peor que toda es una gran verdad! ?és o no és?

Juan disse...

¿Cuál ella es macumbeira? ¿Es la misma cosa que bruja? o feticera,encantadora ( como hablam los brasileños) ? és eso mismo?

Juan disse...

!No necesita estar con miedo y ni vergüenza!
!será Yo este igual, también yo soy my macumbeiro ( ? la palabra es ésta? ),

! yo tambiém tengo un grande amigo y protector, a que mi gran amigo muy habla con mí en mi pensamiento ......... SEÑOR CIERRA BARRA TRANSVERSAL DE LAS ALMAS? ¿Se sabe allí en el Brasil?


¿ se vuelve a la Música que, después de todo, és o no una melodía hermosa?

¿No tiene todo a tener ( o "haver" como hablam los brasileños )con usted?

Juan disse...

A propósito brasileño habla divertido .......muy divertido....." ¿Cómo puede? " Soy peligrosa yo soy macumbeira " há! há! há! há! ¿Cómo puede eso?

Danielle Georg, casada. disse...

Ahahahahhahahaahahahah, isso é golpe muito baixo!!! =P

Eu sou macumbeira mesmo...ahahahahahahahha Essa música é minha caraaaaaa!!!!!
Conheço sim a Região dos Lagos... É tem que ser muito "macho" para se morar aqui! No dia em que eu fui passa o Revillon lá nesse lugar, tinham umas gangs, meu irmão e meu enteado saíram correndo, pq uns “moleques” chegaram perto de mim e meu Homem (na época) disse que “ tinha que ter disposiçãooooooooooooooooooooooooooo” para sair com uma mulher como eu...ahahahaahhaahahahhah hilário isso!

Quanto ao poema do corpo, foi feito pra um esse homem, sim claro! Rs
Essa música (não me deixe só) eu ouço todo dia... Ela me lembra até um ponto de macumba, cantado para marinheiro, ela é assim: “ANDAI NO MAR!
QUEM ACOMPANHA MARINHEIRO
TODA VIDA ANDA NO MAR!

MARINHEIRO, MARINHEIRO...
MARINHEIRO SÓ...
QUEM TE ENSINOU A NADAR...
MARINHEIRO SÓ...
OI FOI O TOMBO DO NAVIO...
MARINHEIRO SÓ...
OI FOI O BALANÇO DO MAR!
MARINHEIRO SÓ...
LÁ VEM...LÁ VEM...”.
Entre outras músicas que eu ouço, como: Big Girls Don't Cry e Bubbly Face...rs
Quanto a pessoa mal intencionada, não se preocupe... Nada acontece sem a permissão de Deus, ele vai me proteger, assim como os espíritos. Agora eu ñ vou mentir para você que não tenha ninguém me perseguindo... Mas, fazer o q? Graças a Deus, eu tenho os Orixás, enfim... Mas eu sou só... Sempre fui! (menos uma época)... Mas assim como me jogaram no vento, resta me cobrir!..rs

Sabe eu fiz um poema...

Quando eu chegar sem nada dizer
e permanecer em silêncio,
por favor, entenda que só quero estar perto de você.
Se notar que estou a ponto de chorar,
não me diga "não chore".
Deixe que as lágrimas venham
e perceba que eu só não escondo meu pranto de você.
Se eu lhe disser que estou muito triste,
por favor, não diga "não fique assim".
Deixe que a tristeza se esgote em mim
e entenda que para você não preciso fingir.
Quando, finalmente, eu abrir um amoroso e fortalecido sorriso,
abrace-me carinhosamente,
e diga: "estamos juntos"
e preencha-se de renovada certeza
de que quando os papéis se inverterem,
eu serei para você
o que agora peço que seja para mim.
É, a vida é mesmo assim..
Um martírio que parece não ter fim.
Mas, sem que eu espere sinto aquele sorriso,
Que nos levanta e nos aponta um caminho diferente
Caminho que nos deixa tão contente
Pode parecer bobagem
Pode parecer infantilidade
Mas às vezes em um simples gesto de amor e compreensão
Tudo muda, uma palavra pode destruir...
Mas um gesto pode reconstruir.
Não tenho o seu dom meu amado,
Nem tão pouco sua aptidão para escrever..
Mas, creio que quando vem do fundo da alma
Então elas ultrapassam o coração
Um dia quase perdi a fé na felicidade..
Fizestes-me acreditar que era uma inverdade
Disse-me com uma voz doce e singular,
Acredite no amor, não tenhas medo de amar..
Confie, acredite! Estou do seu lado...
Olhei em seus olhos, conseguia ver uma jóia
Ela irradiava tanta fé tanto amor,
e nesse exato momento esqueci
Daquela interminável dor...
E prometo que quando o infortúnio
Em sua porta bater
Contigo ali estarei eternamente para receber. Autora (Danielle Georg)

Juan disse...

¡Poema bonito, felicitaciones una vez más! ¡Usted tiene mucha inspiración! ! Muy lindo !



Pero, no me prohibe a pregunta: ¿su hermano y su cuñado también habían dejado corriendo y a su hombre?, ¿ lejos corriendo tambéim?

Danielle Georg, casada. disse...

Ahahahahahahahahhaha

Ele não, é ruim heim...Me mandou continuar dançando, mas eu fiquei preocupada foi mó correria, os caras das Gangs, que sairam correndo - eu acho que um desses meninos deve estar correndo até hoje- Não, meu homem nunca sai correndo de nada, pelo menos nunca teve medo de nada comigo...Nós sempre encaramos as coisas juntos...Ahahah...

Uma vez estava testando a minha mira e brincando no quintal de casa... colocamos uma Garrafa de coca-cola para eu atirar...rs Dei o primeiro tiro, e nada...(pipocou) Dei o segundo tiro, ele a garrafa não se mexeu... Pensei comigo, putz!... O tiro foi parar lá longe né?! Quando ele veio ele disse "Minha filhaaaaa, que é isso...., você atirou no meio da garrafa certinho Parabénsssssss, he, he, he" Lembro como se fosse ontem... Um lado muito engraçado e obscuro da gente, que só nós conhecemos os segredos, e morrerá conosco... rs Desculpe, mas isso ñ posso contar... rs

Danielle Georg, casada. disse...

Em tempo: Não era meu irmão e meu "cunhado", o cunhado era dele...rs, era meu enteado! =}


Ah, meu marido também tem um formoso e belo Tranca Ruas das almas! =] Mas o mais predominate mesmo é o tatá caveira... Um que fica sentado na cadeira, sabe qual é? Nunca tinha visto um antes incorporado... Vc é macumbeiro é???...ahahahahahahahahaha

Abs! Dany.