terça-feira, 17 de novembro de 2009

Se amar fosse fácil....




Você sabia disso?



Se amar fosse fácil,
não haveria tanta gente amando mal,
nem tanta gente mal amada.
Se amar fosse fácil,
não haveria tanta fome,
nem tantas guerras,
nem gente sem sobrenome.
Se amar fosse fácil,
não haveria crianças nas ruas sem ter ninguém,
nem haveria orfanatos,
porque as famílias serenas adotariam mais filhos,
nem filhos mal concebidos,
nem esposas mal amadas,
nem mixes, nem prostitutas.
E nunca ninguém negaria o que jurou num altar,
nem haveria divórcio e nem desquite, jamais...
Se amar fosse tão fácil,
não haveria assaltantes e as mulheres gestantes não tirariam seu feto,
nem haveria assassinos,
nem preços exorbitantes nem os que ganham demais,
nem os que ganham de menos.
Se amar fosse tão fácil nem soldados haveria,
pois ninguém agrediria,
no máximo ajudariam no combate ao cão feroz.
Mas o amor é sentimento que depende de um "eu quero",
seguido de um "eu espero";
e a vontade é rebelde, o homem,
um egoísta que maximiza seu "eu" por isso, o amor é difícil.
Jesus Cristo não brincava quando nos mandou amar.
E, quando morreu amando deu a suprema lição.
Não se ama por ser fácil, ama-se porque é preciso!

5 comentários:

Margott disse...

Beau, beau, beau ... Je suis très passionné par ce que vous Tuso mis écrivain Danielle. Je connais beaucoup d'écrivains qui, après tout ce que j'ai une maison d'édition, ici en France, et les quelques fois que quelqu'un a fait de moi une histoire et me touchent si profondément. Même un court poème que vous connaissez à aller en profondeur de son écriture. Félicitations. Ne l'abandonne pas. Avez-vous quelque chose de déjà publié?

Félicitation

Margott

Alexandre Felipe disse...

Realmente lindo seu texto, o dificil danielle nao e amar, o dificil externar este amor e ser constante.

Danielle Georg. disse...

Alexandre,
realmente não é uma coisa fácil para ninguém!!!

Ninguém é constante..., mostre-me quem é, ou quem será... O texto diz exatamente isso. Como a escravidão psicológica, as pessoas dizem: "Não ter mais raiva no coração" (até que ninguém mexa com ele) ou "Estou livre de vícios" (mas mantenha bem longe de mim, para que eu não tenha recaídas) É meio complicado essas coisas, por uma simples razão..., As pessoas dizem e cobram aquilo que simplesmente não fazem. E se algo as incomoda, elas não tiram a limpo, pagam na mesma moeda, ou até mesmo de forma pior... remoendo a famosa vingança, num momento em que tudo poderia ser tão diferente. Ou seja, quando um está aberto o outro se fecha, e vice-versa.

Um beijo.

Danielle Georg. disse...

Olá, Margott!

Grata pela sua presença... deixe seu blog!

Um beijo!

Danielle Georg.

Juliana disse...

oi dany como vc estar, achei lindo seu blogger, estar de parabéns. fica com deus,e que oxalá te abençoe....