quarta-feira, 28 de fevereiro de 2007

Teu Corpo....




Não apareça assim na minha frente, se cubra, se vista bem decente. Posso perder o senso de gente...e como uma gata feroz sou capaz de te agarrar te morder, te apertar fazer de você meu gatinho e bem de mansinho teus pontos cardeais desfrutar...sem limites e sem preconceitos, teus mistérios um a um desvendar.

Não dá pra esquecer teu corpo que deslizou em minhas mãos tantas vezes cheio de brilho, cheio de fogotão possuído de loucura e insensatez! Teus braços fortes, tuas mãos atrevidas pondo calor e magia em nossas vidas. Deliciosa loucura a que vivemos labaredas tantas que acendemos. Teu corpo, o meu doce pecado meu corpo, o teu caminho mais trilhado só a saudade acena hoje ao lembrá-los banhados de suor e energia impregnados da paixão que eu mais queria depois do amor, doce acalanto de paz que pena... não o verei nunca mais!

Teu corpo vadio Gostoso como ele só Um corpo que encaixa amolda às curvas do meu um corpo forte e viril Corpo de Deus grego Delícias, a mim, oferecem numa vadiagem gostosa.

É assim que te quero é assim que gosto corpo de pura malícia, corpo gostoso e só meu!
Ah! garoto safado vem que mais um momento vamos ter, seja vadiagem pura, seja o amor safado seja o amor paixão ónosso.
Nossos corpos em louco frenesi, souberam desfrutar-se, souberam como amar-se com muito desejo, sem sentir o menor pejo, apenas desejando sensuais carícias, prenhes de quentes malícias...
Nossos corpos marcaram-se, e jamais se esquecerão... Ficou a recordação, e o desejo de uma repetição.......

Um comentário:

Felipe disse...

Adorei o blog LINDA...
Os textos estão bem estruturados!
A leveza e sensualidade com q vc coloca as palavras é contagiante...
Talvez poderia dizer excitante!

Parabéns!

Bjóks!!!